Formações

A literacia mediática é a capacidade de aceder, analisar, avaliar, criar e atuar usando todas as formas de comunicação (National Association for media Literacy Education (EUA).

Nos dias de hoje, todos nós recebemos uma quantidade enorme de informação de diferentes fontes e através de diferentes meios. Tanto jovens como adultos nem sempre estão preparados para analisar criticamente toda a quantidade de informação recebida, adotando muitas vezes uma postura passiva.

Acreditamos que é essencial garantir que tod@s têm mais capacidades para a descodificação dos Media, contribuindo para um melhor exercício da sua cidadania

Objetivo
Capacitar @s participantes para a) o conceito de Literacia para os Média e a sua importância; b) a influência dos Media na tomada de decisões e formação de opiniões; c) exemplos e ferramentas úteis para uma comunicação transformadora.

Conteúdos Programáticos
1. Os média e a realidade
2. Oportunidades e perigos dos média
3. Ferramentas para uma comunicação transformadora

Público
Jovens e Adultos

Duração
Mínimo 4 horas (adaptado às necessidades)

Contacto para + informações
ines.santos@par.org.pt

A Educação Não Formal tem vindo a assumir-se como uma importante metodologia para o processo de aprendizagem ao longo da vida nas mais variadas áreas. As dinâmicas de grupo assumem-se como uma das principais ferramentas da Educação Não Formal por facilitarem a aprendizagem pela experiência.

As dinâmicas de grupo partem do modelo lúdico para, a partir daí, atingirem os domínios afetivo, cognitivo e psicomotor dos intervenientes.

Objetivo
Capacitar @s participantes para a) dinâmicas de grupo enquanto ferramenta ao serviço da educação não formal; b) o papel do facilitador; c) competências práticas

Conteúdos Programáticos
1. Contextualização e características
2. Metodologias e Técnicas pedagógicas
3. Aplicação Prática

Público
Jovens e Adultos

Duração
Mínimo 3 horas (adaptado às necessidades)

Contacto para + informações
ines.santos@par.org.pt

Porque o sucesso de qualquer grupo está intimamente relacionado com a forma como conseguimos juntar as nossas competências individuais e em conjunto trabalhar para alcançar desafios comuns, a Par – Respostas Sociais propõe o “Friendly Teams”. Um workshop que irá desafiar a sua equipa a pensar e agir em conjunto!

Objetivo
Apoiar o reforço do sentimento de equipa na vossa organização/empresa.

Conteúdos Programáticos
1. Cooperação e Trabalho em Equipa
2. Comunicação
3. Resolução de problemas

Público
Equipas de organizações e/ou empresas

Duração
Mínimo horas em aberto (adaptado às necessidades)

Contacto para + informações
ines.santos@par.org.pt

Constituindo o bullying um conceito actual, com visível manifestação em contexto escolar, torna-se determinante compreender a temática e adquirir ferramentas que permitam identificar e intervir nestas situações.

Sendo a empatia facilitadora do comportamento prosocial e inibidora de comportamentos agressivos, a promoção de competências de empatia assume um papel importante como meio para prevenir e combater o bullying.

Objetivo
a) Definir e identificar situações de bullying; b) Reconhecer sinais de alerta; c) Explorar estratégias de abordagem e intervenção

Conteúdos Programáticos
1. Compreender o Bullying
2. Prevenção
3. Intervenção
4. Teatro Fórum como ferramenta de prevenção e intervenção

Público
Crianças e Jovens, Pais, Professores e outros técnicos de educação, Assitentes Operacionais

Duração
min. 4h – máx. 14h (valor ajustado à duração do workshop)

Contacto para + informações
ines.santos@par.org.pt

Cada um de nós gera impacto nas pessoas que nos rodeiam, através das nossas crenças e ações, e, em última instância, no mundo em que vivemos. Desenvolver uma consciência da identidade pessoal e cultural assume-se como objeto central na educação contra o preconceito e, consequentemente, na formação de agentes de mudança social.

No âmbito de uma formação promovida pela European Peer Training Organisation (EPTO), nasceu este wokshop com o intuito de capacitar e promover a discussão e participação ativa na mudança social, no que diz respeito à diversidade cultural.

Objetivo
a) Criar consciência da identidade pessoal e cultural; b) Reconhecer os próprios preconceitos e estereótipos; c) Explorar estratégias para confrontar preconceitos e discriminação; d) Desenvolver planos de ação pessoais e em grupo

Público
Jovens e adultos

Duração
min. 7h – máx. 14h (valor ajustado à duração do workshop)

Contacto para + informações
ines.santos@par.org.pt