Tik Tak – Human Rights on Hold

Tik Tak – Human Rights on Hold

Para mitigar a disseminação da COVID-19, governos em todo o mundo introduziram medidas de emergência que restringem as liberdades individuais, direitos sociais e económicos e a solidariedade global. As normas e princípios dos direitos humanos devem orientar as respostas do governo ao COVID-19 fortalecendo a sua resposta e dando prioridade à proteção das pessoas mais vulneráveis na sociedade por meio de políticas transparentes e participação pública.

O projeto Tik Tak – Human Rights on Hold pretende contribuir para a resolução destes desafios, através da capacitação de 50 jovens, 5 ONG e 20 colaboradores em direitos humanos, promovendo a monitorização de políticas públicas e a implementação de campanhas de sensibilização e advocacy, fundamentadas e traduzidas de forma acessível e mobilizadora.

O nome do projeto incorpora o som do relógio para lembrar que os direitos humanos não podem ficar suspensos ou em quarentena. O nome faz ainda alusão à app utilizada pelos jovens (TikTok), o principal grupo-alvo.

Objetivos do projeto:
 
– Produzir recomendações que sustentem a ação política a favor dos direitos humanos, no contexto da pandemia Covid-19, a partir da recolha de histórias de vida e da evidência científica disponível
 
– Contribuir para monitorização das medidas de combate à Covid-19 e das políticas públicas, na ótica da proteção e promoção dos direitos humanos
 
– Reforçar a capacidade de intervenção de 5 ONG, para que estejam mais aptas a monitorizar e influenciar medidas e políticas públicas com foco nos direitos humanos
 
– Reforçar a capacidade de intervenção de 50 jovens, para que estejam mais informados, sensibilizados e mobilizados para desenvolverem ações de comunicação e advocacy de defesa dos direitos humanos, no contexto de pandemia/pós-pandemia